Páginas

Não pare no caminho

Dom Quixote e Sancho Pança 
Saindo Para Suas Aventuras -
 Cândido Portinari
Não pare na estrada,
Não deixe um pouco de poeira
Atrapalhar, cegar, continua!
A poeira é só parte da estrada,
Estrada de terra, estrada árida,
Estrada é só estrada afinal!
Segue, caminha!
Vai mais longe, alcança as estrelas,
Vai mais longe, adentra as estrelas,
Vai mais longe sonha com emoção,
Sobretudo sonha com o coração,
Segue, Caminha!
Para entender o mistério do caminho
Basta um pouco de vento
E muito tempo,
Mas caminha! É preciso deixar a vida brotar,
Saltar, irromper, caminha!

Fabiana Cristina Ventura
(Publicado no livro Antologia de Poetas Brasileiros Contemporâneos - Vol. 76 - Abril 2011)
Em:http://www.camarabrasileira.com/apol76-071.htm 

Nenhum comentário: