Páginas

Segundo pai

Palhacinhos na gangorra - Cândido Portinari
Patriarca,
passeia com os netos peraltas,
leva-os ao parque,
brinca de cartas...
Não é apenas
um parente próximo,
é o segundo pai.
Seu passado se transforma
em peripécias para contar.
Pena que o tempo é passageiro,
vem derradeiro,
gira o ponteiro
e leva o patriarca
para junto do Pai celeste.
Porém, o avô Pedro
permanecerá para sempre
em nosso pensamento.

À meu avô Pedro Martins, in memoriam.

Fabiana Cristina Ventura
(Publicado no livro Poemas Dedicados Edição Especial – Outubro de 2009)

Nenhum comentário: